O mar é o grande vencedor da edição 2021 do Wiki Loves Earth Portugal, sendo o elemento que marca presença na quase totalidade das fotos vencedoras, de forma direta ou indireta. É talvez a maior curiosidade entre as fotos vencedoras da 4ª edição nacional do concurso, cuja etapa nacional agora termina, passando as fotos vencedoras à etapa internacional. 

No total, 106 participantes carregaram 3321 imagens, sendo a etapa nacional a 5.ª com mais imagens submetidas em comparação com as participações noutros países.

Assim, as 3 fotos vencedores da categoria geral foram:

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Arcadas_do_Convento_do_Carmo.jpg
1º Prémio: Malhada do Louriçal, Parque Natural de Sintra-Cascais, por Luís Afonso (CC BY-SA 4.0)
Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Arcadas_do_Convento_do_Carmo.jpg
2º Prémio: Pescador solitário na Praia do Medo, Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, por Novocortex (CC BY-SA 4.0)
Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Arcadas_do_Convento_do_Carmo.jpg
3º Prémio: Amanhecer na Ria de Aveiro, Distrito de Aveiro, por Andre Carvalho Photography (CC BY-SA 4.0)

A foto vencedora do prémio de vida selvagem foi a seguinte:

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Arcadas_do_Convento_do_Carmo.jpg
Prémio Vida Selvagem: Lagartixa-do-mato-ibérica no Parque Natural da Serra da Estrela, por Lentolho – Fotografia (CC BY-SA 4.0)

As 15 fotos que passaram à fase internacional podem ser consultadas em https://commons.wikimedia.org/wiki/Commons:Wiki_Loves_Earth_2021/Winners#Portugal.

Sobre o Wiki Loves Earth 2021

O Wiki Loves Earth é um concurso anual organizado pelo Movimento Wikimedia, de que faz parte a Wikipédia e o Wikimedia Commons, que pretende despertar interesse pelas paisagens naturais e vida selvagem de todo o mundo. Durante os meses de julho e agosto, fotógrafos amadores e profissionais foram convidados a compartilhar fotografias de natureza com uma licença livre, de maneira a que fiquem acessíveis em todos os projetos Wikimedia e possam ilustrar artigos enciclopédicos na Wikipédia, assim como outros fins educativos.

É a quarta vez que a Wikimedia Portugal organiza o concurso em Portugal, após uma primeira edição em 2015 e uma segunda em 2019, conjuntamente com Espanha, e posteriormente em 2020 e 2021.

A avaliação das fotos foi realizada por um final composto por David Francisco (http://davidfrancisco-foto.com/), José Teixeira (https://www2.ciimar.up.pt/team.php?id=203) e Jorge Nunes, a partir de uma pré-selecção efetuada por dezenas de voluntários.  A organização agradece todo o esforço e dedicação que permitiram a seleção das fotos vencedoras por entre todas as submetidas a concurso. 

A primeira edição do concurso teve lugar em 2013 na Ucrânia e logo no ano seguinte o concurso tornou-se internacional. Em 2021, o concurso envolve 35 países. Em Portugal, a Wikimedia Portugal organizou a primeira edição em 2015, com posteriores edições em 2019, 2020 e agora em 2021. Desde a primeira edição em Portugal, os participantes contribuíram com mais de 7300 fotos.

Sobre a Wikimédia Portugal

A Wikimedia Portugal (WMP) é uma associação sem fins lucrativos dedicada à promoção do conhecimento livre em Portugal através dos projetos mantidos pela Wikimedia Foundation, nomeadamente a internacionalmente conhecida enciclopédia online Wikipédia (www.wikipedia.org), um dos sites mais visitados em todo o mundo, e do repositório de imagens Wikimedia Commons (http://commons.wikimedia.org).

O Movimento Wikimedia engloba voluntários e organizações a nível mundial que partilham os valores definidos pelos projetos Wikimedia, como liberdade de expressão, conhecimento livre para todos, e partilha em comunidade.

Fotos de vencedores passados: 

(fotos podem ser usadas livremente, desde que com a atribuição devida)

2015 – https://blog.wikimedia.pt/2015/07/09/wiki-loves-earth-portugal-espanha/ 

2019 – https://blog.wikimedia.pt/2019/07/31/finalistas-do-wiki-loves-earth-2019-em-portugal-e-espanha/

2020 – https://blog.wikimedia.pt/2020/09/22/vencedores-do-wiki-loves-earth-portugal-2020/ 

Informação de contacto

Site: pt.wikimedia.org / wikilovesearth.pt

Email: wikiloves@wikimedia.pt

Com o país a desconfinar, o maior concurso do mundo regressa a Portugal. Não perca esta oportunidade para ver (ou rever) os monumentos nacionais, através de uma objectiva.

Portugal, 30 de Setembro de 2020

A Wikimedia Portugal volta a organizar este Outubro, juntamente com organizações de todo o mundo, o maior concurso mundial de fotografia. O objetivo é angariar fotografias do património edificado em todo mundo, sob uma licença livre, de modo a que fiquem acessíveis a todos nos projetos  Wikimedia e possam ilustrar os respetivos artigos enciclopédicos na Wikipédia, assim como servir outros fins educativos.

O concurso teve a sua primeira edição em 2010 apenas nos Países Baixos, conseguindo angariar cerca de 12 500 fotografias de 8 000 monumentos. Em 2011, o concurso a nível europeu contou com a participação de Portugal pela primeira vez, com mais de 16 000 fotos de monumentos portugueses a concurso. Desde então, o projeto ajudou a recolher informação sobre 1,5 milhões de monumentos, em 76 competições nacionais, com mais de 1,7 milhões de imagens carregadas por cerca de 60 000 participantes, somando-se a todo o conhecimento humano já recolhido na Wikipédia. 

Este ano a ação estende-se por mais de 35 países aderentes de todo o mundo, e decorre em duas fases distintas; numa primeira fase são selecionados e premiados os vencedores nacionais; numa segunda fase selecionam-se os vencedores entre os melhores de cada país.

As fotos devem ser da autoria dos concorrentes e poderão ser submetidas entre 1 a 31 de Outubro de 2021 no link disponível no site (www.wikilovesmonuments.org.pt). Cada concorrente pode submeter quantas fotografias quiser, havendo prémios para as três melhores fotos, vales de compras no valor de 400, 250 e 150 euros, respectivamente, ficando ainda habilitado a um prémio caso submeta o maior número de imagens de monumentos diferentes ainda sem fotografia no Wikimedia Commons. 

“Depois de tantas restrições, é emocionante poder voltar a percorrer as nossas cidades, vilas e aldeias e descobrir, ou redescobrir, os nossos monumentos.” diz Gonçalo Themudo, presidente da Wikimedia Portugal e um dos coordenadores da iniciativa. “É uma oportunidade para as pessoas se conectarem com o seu património, partilharem fotografias de monumentos portugueses de um modo duradouro, complementando o conteúdo já existente na Wikipédia e outros projectos de partilha de conhecimento com licenças livres.” 

Pode começar já a reunir as fotos (incluindo as que já tirou há uns anos!) ou a usufruir do bom tempo para passear, fotografar e habilitar-se a prémios monumentais.

Para mais informações em como participar, júri e prémios, consulte o site

www.wikilovesmonuments.org.pt

Sobre a Wikimedia Portugal

A Wikimedia Portugal (WMPT) é uma associação sem fins lucrativos dedicada à promoção do

conhecimento livre em Portugal através dos projetos mantidos pela Wikimedia Foundation,nomeadamente a internacionalmente conhecida enciclopédia online Wikipédia (www.wikipedia.org), um dos sites mais visitados em todo o mundo, do repositório de imagens Wikimedia Commons (commons.wikimedia.org), e da base de dados estruturados Wikidata (www.wikidata.org).

O Wiki Loves Earth está de regresso!

19:18, Wednesday, 30 2021 June UTC

A Wikimedia Portugal organiza em julho, juntamente com as suas congéneres de outros países mundiais, um concurso internacional de fotografia de espaços naturais protegidos e fauna e flora locais. O objectivo é angariar fotografias de todo o património natural do mundo, sob uma licença livre, de modo a que fiquem acessíveis a todos no Wikimedia Commons e possam ilustrar os respectivos artigos enciclopédicos na Wikipédia. Este ano, em parceria com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos, o concurso tem como tema o impacto da ação humana no património natural.

O Wiki Loves Earth é um concurso anual organizado pelo Movimento Wikimedia, de que faz parte a Wikipédia e o Wikimedia Commons, que pretende despertar interesse pelas paisagens naturais e vida selvagem de todo o mundo. Durante o mês de julho, fotógrafos amadores e profissionais são convidados a compartilhar fotografias de natureza com uma licença livre, de maneira a que fiquem acessíveis em todos os projetos Wikimedia e possam ilustrar artigos enciclopédicos na Wikipédia, assim como outros fins educativos.

Este ano, no âmbito da campanha #Wiki4HumanRights estabelecida em parceria com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos, o concurso tem um prémio especial global para a melhor foto mostrando o impacto das ações humanas no ambiente.

O concurso decorre em duas fases distintas: numa primeira fase são selecionados e premiados os vencedores nacionais; numa segunda fase selecionam-se os vencedores por entre os

melhores de cada país. Em Portugal serão premiados as três melhores fotos, havendo uma menção especial para a melhor foto  de uma espécie da flora ou fauna portuguesa. Pede-se aos concorrentes para respeitarem o habitat natural quando forem tirar as fotos.

A primeira edição do concurso teve lugar em 2013 na Ucrânia e logo no ano seguinte o concurso tornou-se internacional. Em 2020, o concurso envolve 34 países. Em Portugal, a primeira edição teve lugar em 2015, com posteriores edições em 2018, 2019, 2020 e agora em 2021. Desde a primeira edição em Portugal, os participantes contribuíram com mais de 4700 fotos.

Na edição deste ano, as fotos a concurso devem ser submetidas entre 1 e 31 de julho, seguindo as instruções disponíveis no site do evento (https://wikilovesearth.pt/). As áreas protegidas abrangidas pelo concurso constam do mapa presente no site, onde é possível descobrir também que áreas ainda não foram fotografadas.

Cada concorrente pode submeter quantas fotografias quiser, desde que respeitem as regras do concurso e do Wikimedia Commons. Todas as imagens devem ser propriedade dos participantes e devem ser licenciadas sob uma licença livre.  As fotos podem ter sido tiradas a qualquer momento, tanto no próprio mês de julho, ou em meses ou anos anteriores. 

As imagens serão analisadas por um júri, em agosto, e os vencedores serão anunciados e contactados pela organização. 

Para mais informações sobre como participar e prémios, consulte o site https://wikilovesearth.pt/.

A Wikimedia Portugal (WMP) é uma associação sem fins lucrativos dedicada à promoção do conhecimento livre em Portugal através dos projetos mantidos pela Wikimedia Foundation, nomeadamente a internacionalmente conhecida enciclopédia online Wikipédia (www.wikipedia.org), um dos sites mais visitados em todo o mundo, e do repositório de imagens Wikimedia Commons (http://commons.wikimedia.org).

O Movimento Wikimedia engloba voluntários e organizações a nível mundial que partilham os valores definidos pelos projetos Wikimedia, como liberdade de expressão, conhecimento livre para todos, e partilha em comunidade.

Fotos de vencedores passados: 

(fotos podem ser usadas livremente, desde que com a atribuição devida)

2015 – https://blog.wikimedia.pt/2015/07/09/wiki-loves-earth-portugal-espanha/ 

2019 – https://blog.wikimedia.pt/2019/07/31/finalistas-do-wiki-loves-earth-2019-em-portugal-e-espanha/

2020 – https://blog.wikimedia.pt/2020/09/22/vencedores-do-wiki-loves-earth-portugal-2020/ 

Informação de contacto

Site: pt.wikimedia.org / wikilovesearth.pt

Email: wikiloves@wikimedia.pt

Wikimedia Portugal foi ilibada em tribunal

17:14, Friday, 16 2021 April UTC

Após reportagens na SIC em janeiro de 2021, editores da Wikipédia lusófona actualizaram o artigo sobre César do Paço com informação constante nessas reportagens.

O advogado de César do Paço, Rui Barreira, tentou retirar essa informação do artigo, sem sucesso [1]. Esse facto acabou também sido noticiado [2], e novamente, editores adicionaram essa informação ao artigo.

O advogado entrou então em contacto com a Wikimedia Foundation (WMF) através de um email, com conhecimento para o email da Associação Wikimedia Portugal (WMPT), no dia 25 de janeiro de 2021.

A WMPT é uma ONG independente e caritativa, sem fins lucrativos, mantida por voluntários empenhados na promoção do conhecimento livre e universal, não tendo, no entanto, qualquer responsabilidade sobre o conteúdo da Wikipédia. Este facto está de resto consagrado no “Chapter Agreement” assinado entre a WMPT e a WMF (artigo 5), que reconhece a WMPT como fazendo parte do Movimento Wikimedia.

Dado que a WMF estava já informada sobre o assunto, a WMPT não respondeu ao advogado. No dia 28 de janeiro de 2021, chegou-nos ao conhecimento que os dois membros fundadores da WMPT (um dos quais já não pertence sequer à associação) receberam no seu email pessoal mensagem do mesmo advogado indicando que sofreriam um processo legal caso as páginas sobre César do Paço nas Wikipédias lusófona e inglesa não fossem retiradas do ar no prazo de 48 horas.

A WMPT foi então notificada a 26 de fevereiro de 2021 da instauração de uma providência cautelar, onde constava a WMPT como representante legal da WMF em Portugal, para retirar as ditas páginas da Wikipédia, e que fossemos multados em 2000 € por cada dia em que as páginas continuassem acessíveis.

Sendo que não somos de facto representantes legais da WMF em Portugal, como já se disse acima, e que mesmo que quiséssemos retirar o conteúdo do ar não teríamos a capacidade técnica para o fazer, sem violar gravemente os mecanismos da comunidade, que já tinha decidido manter o conteúdo [4].

Pedimos então a um advogado, Eduardo Santos, especialista em direitos digitais e presidente da D3, a fazer oposição explicando a relação entre a Wikipédia, WMF e WMPT, tornando claro que a WMPT não tem controle sobre o conteúdo da Wikipédia, nem representa qualquer entidade quer seja a WMF, nem a comunidade de editores, nem tão pouco tem conhecimento da identidade dos editores da Wikipédia.

A 14 de abril de 2021, recebemos indicação do juiz do Tribunal Judicial da Comarca de Braga, Juízo Local Cível de Guimarães – Juiz 4, que a WMPT tinha sido absolvida de qualquer responsabilidade no caso.

É com enorme prazer que a Wikimedia Portugal anuncia as fotos vencedoras da fase nacional do Wiki Loves Monuments! Ao longo do mês de Setembro 93 editores carregaram 14369 imagens, 62 dos quais participando pela primeira vez (67%). Com base nas estatísticas de utilização calculamos que pelo menos 3 centenas de monumentos tenham recebido imagens pela primeira vez, tendo sido atribuído o prémio diversidade (maior número de monumentos fotografados pela primeira vez) ao fotógrafo Reis Quarteu. Foram escolhidas dez fotos, que transitam, agora para a fase internacional do concurso. Gostaríamos de agradecer a todos os que tornaram este concurso possível, a todos os que dedicaram o seu tempo a fotografar Portugal e a carregar essas fotos no Wikimedia Commons, ajudando a documentar o nosso património edificado, e disponibilizando essa informação livremente a todos os habitantes do planeta.

No top 3 temos as seguintes fotografias:

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Arcadas_do_Convento_do_Carmo.jpg
1º Prémio: Arcadas do Convento do Carmo, com vista para a Sé de Lisboa, por Costajosemanuel (CC BY-SA 4.0)
Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Iglesia_de_San_Jos%C3%A9%2C_Ponta_Delgada%2C_isla_de_San_Miguel%2C_Azores%2C_Portugal%2C_2020-07-30%2C_DD_67-69_HDR.jpg
2º Prémio: Igreja Paroquial de São José, Ilha de São Miguel, Açores, por Diego Delso (CC BY-SA 4.0)
Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Vista_de_Horta_desde_Monte_da_Guia%2C_isla_de_Fayal%2C_Azores%2C_Portugal%2C_2020-07-27%2C_DD_07-18_HDR_PAN.jpg
3º Prémio: Visão geral da cidade da Horta, uma das três capitais do arquipélago, durante a hora azul do Monte da GuiaIlha do Faial, Açores, por Diego Delso (CC BY-SA 4.0)

Não esquecendo as restantes finalistas da etapa nacional:

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Cascata_do_Barranco_dos_Pis%C3%B5es.jpg
4º Lugar: Igreja de São Sebastião, Ponta Delgada, Ilha de São Miguel, Açores, por Diego Delso (CC BY-SA 4.0)
Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Zona_de_Paisagem_Protegida_das_Sete_Cidades_-_2017-04-23.jpg
5º Lugar: Castelo de Almourol, por RSAlmeida (CC BY-SA 4.0)
Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Vista_desde_el_pico_de_Arieiro%2C_Madeira%2C_Portugal%2C_2019-05-30%2C_DD_142-146_PAN.jpg
6º Lugar: Igreja do Senhor Santo Cristo, Praia da Vitória, ilha Terceira, Açores,
por Diego Delso (CC BY-SA 4.0)
Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Furna_vegetada_na_%C3%A1rea_protegida_da_Montanha_do_Pico_em_A%C3%A7ores.jpg
7º Lugar: Portas da Cidade, Ponta Delgada, ilha de São Miguel, Açores, por (CC BY-SA 4.0)
Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Vale_do_C%C3%B4a2_Joana_Mafalda_Gomes.jpg
8º Lugar: Santuário da Nossa Senhora da Peneda, Arcos de Valdevez, por Krzysztof Golik (CC BY-SA 4.0)
Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 1024px-IMGP1423_-_Batalha%2C_ab%C3%B3bada_da_Igreja.jpg
9º Lugar: Mosteiro da Batalha, por Cardilio (CC BY-SA 4.0)
Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Vale_do_C%C3%B4a2_Joana_Mafalda_Gomes.jpg
10º Lugar: Espigueiros do Soajo, em Arcos de Valdevez, Krzysztof Golik (CC BY-SA 4.0)

Menções honrosas:

Sobre o Wiki Loves Monuments 2020

O Wiki Loves Monuments 2020 é um concurso fotográfico sobre património edificado e cultural do território português aberto a todo o mundo. É organizado pelos capítulos Wikimedia e grupos de voluntários em diferentes países, sendo organizado em Portugal pela Wikimédia Portugal.

O concurso realiza-se pela terceira vez em Portugal, após uma primeira edição em 2011 e uma segunda em 2019. 

A avaliação das fotos foi realizada por um júri composto por Wikimedistas de Portugal, Brasil, Espanha e Itália. A organização agradece todo o esforço e dedicação que permitiram a seleção das fotos vencedoras por entre todas as submetidas a concurso.

Este ano, foram submetidas 1 246 fotos a concurso por 78 participantes. A grande maioria dos participantes carregou no âmbito do concurso a sua primeira foto no Wikimedia Commons, o repositório aberto de multimédia da Wikimedia. Todas as fotos poderão agora ser reutilizadas por qualquer pessoa, de acordo com os termos da licenças livres usadas, e em especial em todos os sites da Wikimedia, incluindo na Wikipédia, a enciclopédia livre.

Contato:
wikiloves[at]wikimedia.pt

Sobre a Associação Wikimédia Portugal

A Associação Wikimedia Portugal (WMP) é uma Associação de Direito Privado, sem fins lucrativos, registada na Conservatória de Braga a 21 de Setembro de 2009. A Wikimedia Portugal foi oficialmente reconhecida pela Wikimedia Foundation a 4 de Julho de 2009 como “capítulo”, uma organização independente destinada a apoiar voluntários do movimento Wikimedia em Portugal, à promoção e apoio aos projetos da Fundação Wikimedia no território Português, assim como à promoção e recolha de conteúdos educativos livres, e a sua disseminação.

Contatos de imprensa:
info[at]wikimedia.pt

Vencedores do Wiki Loves Earth Portugal 2020

20:57, Tuesday, 22 2020 September UTC

Montanhas, água e nevoeiro. Pelo menos uma destas três características é encontrada nas fotos finalistas de 2020. Num ano atípico, onde os constrangimentos para sair de casa foram imensos, a resiliência acabou por nos revelar mais um conjunto de espaços mágicos que se encontram nos nossos espaços naturais.

No top 3 temos as seguintes fotografias:

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Reflexos_no_Cov%C3%A3o_d%27Ametade.jpg
1º Prémio: Covão d’Ametade, na Serra da Estrela Natural Park. Por Raquel Rosa (CC BY-SA 4.0)
Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Lagoa_do_Capit%C3%A3o_com_montanha_do_pico.jpg
2º Prémio: Lagoa do Capitão com o Pico ao fundo, na Zona de Protecção Especial da Zona Central do Pico, Açores, por Pablosievert (CC BY-SA 4.0)
Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Erizo_de_mar_viol%C3%A1ceo_%28Sphaerechinus_granularis%29%2C_Madeira%2C_Portugal%2C_2019-05-31%2C_DD_40.jpg
3º Prémio: Ouriço-do-mar violeta (Sphaerechinus granularis) na Reserva Natural Parcial do Garajau, Ilha da Madeira. Por Diego Delso (CC BY-SA 4.0)

Não esquecendo as restantes vencedoras da etapa nacional:

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Cascata_do_Barranco_dos_Pis%C3%B5es.jpg
4º Prémio: Cascata do Barranco de Pisões, Sítio de Importância Comunitária da Serra de Monchique, Algarve, por Rui Glória (CC BY-SA 4.0)
Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Zona_de_Paisagem_Protegida_das_Sete_Cidades_-_2017-04-23.jpg
5º Prémio: Zona de Paisagem Protegida das Sete Cidades, Ilha de São Miguel, Açores,
por Cardilio (CC BY-SA 4.0)
Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Vista_desde_el_pico_de_Arieiro%2C_Madeira%2C_Portugal%2C_2019-05-30%2C_DD_142-146_PAN.jpg
6º Prémio: Sítio de importância comunitária do Maciço Montanhoso Central, Ilha da Madeira,
por Diego Delso (CC BY-SA 4.0)
Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Furna_vegetada_na_%C3%A1rea_protegida_da_Montanha_do_Pico_em_A%C3%A7ores.jpg
7º Prémio: Caverna com vegetação na Reserva Natural do Pico, Ilha do Pico, Açores,
por Matheus Hobold Sovernigo (CC BY-SA 4.0)
Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Vale_do_C%C3%B4a2_Joana_Mafalda_Gomes.jpg
8º Prémio: Área de Proteção especial do Vale do Coa, Nordeste de Portugal,
por Joana Mafalda Gomes (CC BY-SA 4.0)
Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Gusano_de_fuego_%28Hermodice_carunculata%29%2C_Madeira%2C_Portugal%2C_2019-05-31%2C_DD_45.jpg
9º Prémio: Verme-de-fogo (Hermodice carunculata), na Reserva Natural Parcial do Garajau, Ilha da Madeira, por Diego Delso (CC BY-SA 4.0)
Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 640px-Vale_do_C%C3%B4a2_Joana_Mafalda_Gomes.jpg
10º Prémio: Pastoreio na Serra da Freita, no Sítio de Importância Comunitária das Serras da Freita e Arada, Zona Norte por Deadflame87 (CC BY-SA 4.0)

Sobre o Wiki Loves Earth 2020

O Wiki Loves Earth 2020 é um concurso fotográfico sobre espaços naturais protegidos do território português aberto a todo o mundo. É organizado pelos capítulos Wikimedia e grupos de voluntários em diferentes países, sendo organizado em Portugal pela Wikimédia Portugal.

O concurso realiza-se pela terceira vez em Portugal, após uma primeira edição em 2015 e uma segunda em 2019, conjuntamente com Espanha. 

A avaliação das fotos foi realizada por um júri composto por Alessandro Marchetti, Paulo Perneta, Gonçalo Themudo, Ingrid Prandi, Jurema Oliveira, Lucas Pianta, Luciano Bernardi, Pedro Toniazzo Terres, Renato de Carvalho Ferreira, Daniele Napolitano, Epidosis, Valério Melo, Amon Lins e Manuela Musco. A organização agradece todo o esforço e dedicação que permitiram a seleção das fotos vencedoras por entre todas as submetidas a concurso.

Este ano, foram submetidas 1 246 fotos a concurso por 78 participantes. A grande maioria dos participantes carregou no âmbito do concurso a sua primeira foto no Wikimedia Commons, o repositório aberto de multimédia da Wikimedia. Todas as fotos poderão agora ser reutilizadas por qualquer pessoa, de acordo com os termos da licenças livres usadas, e em especial em todos os sites da Wikimedia, incluindo na Wikipédia, a enciclopédia livre.

Contato:
wikiloves[at]wikimedia.pt

Sobre a Associação Wikimédia Portugal

A Associação Wikimedia Portugal (WMP) é uma Associação de Direito Privado, sem fins lucrativos, registada na Conservatória de Braga a 21 de Setembro de 2009. A Wikimedia Portugal foi oficialmente reconhecida pela Wikimedia Foundation a 4 de Julho de 2009 como “capítulo”, uma organização independente destinada a apoiar voluntários do movimento Wikimedia em Portugal, à promoção e apoio aos projetos da Fundação Wikimedia no território Português, assim como à promoção e recolha de conteúdos educativos livres, e a sua disseminação.

Contatos de imprensa:
info[at]wikimedia.pt

Wiki Loves Monuments 2020

11:32, Tuesday, 01 2020 September UTC

Maior concurso fotográfico do mundo regressa a Portugal

A Wikimedia Portugal volta a organizar este setembro, juntamente com organizações de todo o mundo, o maior concurso mundial de fotografia. O objetivo é angariar fotografias do património edificado em todo mundo, sob uma licença livre, de modo a que fiquem acessíveis a todos nos projetos  Wikimedia e possam ilustrar os respetivos artigos enciclopédicos na Wikipédia, assim como servir outros fins educativos.

Logo internacional do concurso, criado pela portuguesa Susana Morais. CC-BY-SA 3.0.

O concurso teve a sua primeira edição em 2010 apenas nos Países Baixos, conseguindo angariar cerca de 12 500 fotografias de 8 000 monumentos. Em 2011, o concurso a nível europeu contou com a participação de Portugal pela primeira vez, com mais de 16 000 fotos de monumentos portugueses a concurso. Desde então, o projeto ajudou a recolher informação sobre 1,5 milhões de monumentos, em 76 competições nacionais, com mais de 1,7 milhões de imagens carregadas por cerca de 60 000 participantes, somando-se a todo o conhecimento humano já recolhido na Wikipédia. 

Este ano a ação estende-se por mais de 40 países aderentes de todo o mundo, e decorre em duas fases distintas; numa primeira fase são selecionados e premiados os vencedores nacionais; numa segunda fase selecionam-se os vencedores entre os melhores de cada país.

Composição de imagens por Miguel Mimoso Correia.

A edição de 2020 em Portugal conta com uma novidade: a inclusão de Monumentos Vivos, ou Árvores de Interesse Público como integrantes das listas de objectos a serem fotografados. Árvores classificadas na Região Autónoma dos Açores estavam já incluídas a concurso, mas este ano expandimos os critérios para incluir também estes itens em Portugal Continental, e estamos a trabalhar para reunir os itens da Madeira. Esta inclusão permite que os fotógrafos participantes diversifiquem os objectos retratados, e despertar a curiosidade dos cidadãos para a história viva contada por estas árvores.

As fotos devem ser da autoria dos concorrentes e poderão ser submetidas entre 1 a 30 de Setembro de 2020 no link disponível no site (www.wikilovesmonuments.org.pt). Cada concorrente pode submeter quantas fotografias quiser, havendo prémios para as três melhores fotos, vales de compras no valor de 600, 400 e 200 euros, respectivamente, ficando ainda habilitado a um prémio caso submeta o maior número de imagens de monumentos diferentes ainda sem fotografia no Wikimedia Commons. 

“Num ano fora do normal, espero que as pessoas se empolguem por fazer uma visita pelas nossas cidades, vilas e aldeias e descobrir, ou redescobrir, os nossos monumentos.” diz Gonçalo Themudo, presidente da Wikimedia Portugal e um dos coordenadores da iniciativa. “É uma oportunidade para as pessoas se conectarem com o seu património, partilharem fotografias de monumentos portugueses de um modo duradouro, complementando o conteúdo já existente na Wikipédia e outros projectos de partilha de conhecimento com licenças livres.” 

Pode começar já a reunir as fotos (incluindo as que já tirou há uns anos!) ou a usufruir do bom tempo para passear, fotografar e habilitar-se a prémios monumentais.

Para mais informações em como participar, júri e prémios, consulte o site

www.wikilovesmonuments.org.pt

Vencedores dos anos anteriores

Sobre a Wikimedia Portugal

A Wikimedia Portugal (WMPT) é uma associação sem fins lucrativos dedicada à promoção do

conhecimento livre em Portugal através dos projetos mantidos pela Wikimedia Foundation,

nomeadamente a internacionalmente conhecida enciclopédia online Wikipédia (www.wikipedia.org), um dos sites mais visitados em todo o mundo, do repositório de imagens Wikimedia Commons (commons.wikimedia.org), e da base de dados estruturados Wikidata (www.wikidata.org).

Contacto

Paulo Santos Perneta / Gonçalo Themudo

Email: info@wikimedia.pt

Telefone: 967 292 363 / 916  463 890

Os vencedores da fase nacional do Wiki Science Competition já foram anunciados: https://commons.wikimedia.org/wiki/Commons:Wiki_Science_Competition_2019/Winners/Portugal. Os vencedores já foram contactados, e os prémios (um conjunto de 10 livros oferecidos pela Fundação Francisco Manuel dos Santos) serão remetidos em breve.

Na categoria “People in Science”: Luisrtm com a foto “Touching Science”, ilustrando a interação de uma mão humana com uma bola de plasma no #pavilhaodoconhecimento. w.wiki/GF$ CC-BY-SA 4.0

Wiki Science Competition é um concurso internacional de fotografia organizado pela Wikimedia, em que os participantes devem criar imagens relacionadas com a ciência e submetê-las para a Wikimedia Commons sob uma licença livre. É impossível imaginar a nossa cultura sem a ciência. No mundo visual em que vivemos, não basta falar de ciência: faz falta visualizá-la. Por isso, nós organizamos este concurso, para fomentar a criação e, sobre tudo, o livre intercâmbio de todo o tipo de imagens relacionadas com a ciência.

Na categoria “Microscopy images”: Dr. Robert C. Pullar and Dr. Basam A. E. Ben-Arfa, da Universidade de Aveiro – CICECO com a foto “Micropear”, uma forma peculiar da cristalização de HAp no biovidro de Si-Ca-Na-P após imersão em fluido corporal simulado. w.wiki/GG3 CC-BY-SA 4.0

O concurso foi organizado pela primeira vez na Estónia, e em 2015 estendeu-se a toda a Europa. Esse ano foram enviadas 9.793 imagens com licença livre de mais de 2.200 participantes diferentes. Em 2017 obtiveram-se 9.579 imagens, graças à participação de 1.929 pessoas.

Na categoria “Image sets”: Wolframeister com a série “Diamond face”, uma série de imagens microscópicas da superfície de um #diamante. https://w.wiki/GG9 CC-BY-SA 4.0

Em Portugal foram submetidas este ano apenas 70 fotos nas 6 categorias (https://commons.wikimedia.org/wiki/Category:Images_from_Wiki_Science_Competition_2019_in_Portugal). Há por isso bastante espaço para melhorias. A nível internacional participaram 20 países com cerca de 4500 fotos.

Na categoria “Wildlife and Nature”: João Manuel Lemos Lima com a foto “Pelophylax perezi PT”, mostrando a capacidade de camuflagem de uma rã-verde, no #jardimbotânicoporto. https://w.wiki/GG6 CC-BY-SA 4.0

De qualquer modo, as imagens vencedoras entram agora na fase internacional, onde poderão ganhar ainda mais prémios. E claro, todas as imagens ficam agora disponíveis no Wikimedia Commons para uso nos projectos Wikimedia, e por qualquer um, em conformidade com as licenças de uso.

Na categoria “General”: RuiCiencia, da @facfarmaciaUL
com a foto “Franz cell”, um sistema in vitro de avaliação de cedência e permeação. https://w.wiki/GG4 CC-BY-SA 4.0

Obrigado à Fundação Francisco Manuel dos Santos pela generosidade em fornecer prontamente os prémios, e a todos os membros do júri e outros voluntários que ajudaram na organização do concurso.

Ir a Berlim é voltar mais rico!

19:19, Monday, 27 2020 January UTC

De 29 a 31 de Março de 2019 realizou-se a Wikimedia Summit, em Berlim, o maior encontro oficial dos afiliados e membros da Fundação Wikimedia. O grande objetivo deste ano foi discutir o movimento estratégico da Wikimedia para 2030. Qual a missão e onde queremos chegar neste ano com as diferentes plataformas Wikimedia?


Imagem de Jason Krüger para a Wikimedia Deutschland e.V. com licenç CC BY-SA 4.0disponível na Wikimedia Commons

A grande novidade deste ano foi o facto de os afiliados presentes incluírem não só os representantes de 38 capítulos, onde se inclui a Wikimedia Portugal, mas também representantes dos 108 grupos de utilizadores, como o AmiCal e o Wikimujeres, por exemplo. Ficou, assim, garantida uma diversidade enorme e uma maior representatividade dos diversos elementos que compõem este mundo.

Durante três dias, vários temas foram discutidos através de diferentes formas. Um dos mais falados e participados foi a discussão sobre a eleição dos dois lugares no Board of Trustees eleitos pelos afiliados. Com as recentes alterações a este processo de eleição, vários afiliados manifestaram a sua opinião e sugeriram alterações.

Outra tarefa que animou os participantes foram as numerosas atividades de desenvolvimento de ideias para os nove Working Groups, responsáveis por elaborarem o estado de arte e recomendações para cada área específica da Estratégia Wikimedia 2030. Ali fomos convidados a conhecer pessoas de todo o mundo e discutir com eles as nossas ideias, experiências e recomendações. Foi bom saber que todos os afiliados, pequenos ou grandes, anglosaxónicos ou de idiomas minoritários, partilhamos dos mesmos problemas e temos conceções semelhantes sobre o futuro do movimento. As atividades foram muito bem organizadas, com a criação de pequenos grupos aleatórios de pessoas que, depois, eram convidados a mudar de grupo e continuar a conversa.

Como enviada da Wikimedia Portugal na Wikimedia Summit 2019, em Berlim, a minha missão era ficar a conhecer o mundo global wikimedista… o que não é uma missão pequena! Participar num encontro com mais de 100 pessoas de todo o mundo, dedicadas e entusiastas do conhecimento livre, é impressionante. Conhecer tanta gente que partilha o mesmo entusiasmo e que, do outro lado do mundo, lida com os mesmos desafios e problemas que nós, é algo emocionante e que nos marca para sempre. Obrigada, Berlim, e até breve!

Board Training

Após a Wikimedia Summit, de 1 a 2 de Abril, dediquei-me ao Board Training, uma formação realizada pela Wikimedia Alemanha (Tim Moritz Hector) e Wikimedia Países Baixos (Frans Grijzenhout) dedicada a capacitar elementos da direção das várias Wikimedias, de forma a melhorarem o funcionamento dos seus capítulos. Teve ainda a participação de Chris Keating (Wikimedia Reino Unido), Sandra Rientjes (Wikimedia Países Baixos) e Lukas Mezger (Wikimedia Alemanha).

Foi assim que, nos fantásticos escritórios da Wikimedia Alemanha em Berlim, tive a oportunidade de conhecer diferentes realidades dos capítulos, nomeadamente da Wikimedia Indonésia, África do Sul, Países Baixos, Ucrânia, Suécia, Espanha, Suíça, Polónia e Bélgica.


Imagem de Florenciac (Wikimedia Espanha) com licença CC BY-SA 3.0disponível na Wikimedia Commons

Durante dois dias, realizámos exercícios práticos e percebemos a importância da definição de um Plano Estratégico e de um Plano de Conflito de Interesses na gestão diária dos capítulos. Estes documentos definem os fundamentos e as orientações que melhor guiam a atuação de cada organização.

Aprendemos ainda, com a ajuda do psicólogo Ralph Piotrowski, qual o perfil “ideal” dos membros da direção, os skills pessoais mais relevantes e como se podem prevenir conflitos resultantes de choques de personalidade.

Cada participante apresentou casos reais da sua Wikimedia, com histórias fascinantes que se tornaram excelentes pontos de discussão e aprendizagem para os outros.

As fotos finalistas da edição de 2019 do Wiki Loves Earth em Portugal e Espanha já foram escolhidas. As fotos vencedoras foram:

1º Prémio. Ilhéu_de_Baixo. Praia da calheta, no Porto Santo, Portugal. Foto por Joaofung [CC BY-SA 4.0]
2º Prémio. DSC_9623-Pano-1. San Juan de Gaztelugache, Espanha. Foto de Manuel Angel Garcia Garcia [CC BY-SA 4.0]
3º Prémio. Sunset Cave, Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, Portugal. Foto de André Farinha | Landscape Photography [CC BY-SA 4.0]
4º Prémio. God’s Creation – Ilha do Corvo, Açores, Portugal. Foto de Samuel Monteiro Domingues [CC BY-SA 4.0]
5º Prémio. Lagos de Covadonga 8, Parque Natural dos Picos da Europa, Espanha. Foto de Pacodonderis [CC BY-SA 4.0]

Parabéns a todos os premiados, que já foram contactados para receberem os prémios. As melhores fotos de Portugal e Espanha (incluindo as fotos premiadas no concurso ibérico) serão agora avaliadas por um júri internacional juntamente com as finalistas de todos os países participantes.

Finalistas de Portugal:

  1. Ilhéu_de_Baixo
  2. Sunset_Cave
  3. God’s_Creation_-_Ilha_do_Corvo
  4. Anonymous_Paradise
  5. Destaques_da_Praia_de_Santa_Cruz
  6. Por_do_sol_-_Serra_da_Lousã_1
  7. Covão_da_Ametade.wikilovesearth
  8. Pastos_Atlânticos
  9. Ribeira_do_cavalo
  10. Além_Ria

Finalistas de Espanha:

  1. DSC_9623-Pano-1
  2. LAGOS_DE_COVADONGA_8
  3. LAGOS_DE_COVADONGA
  4. Reflejos_en_los_arrozales_del_Delta_del_Ebro
  5. LAGOS_DE_COVADONGA_4
  6. LAGOS_DE_COVADONGA_7
  7. Brumas_del_San_Juan
  8. LA_MURTA_2
  9. MONTANEJOS_3
  10. PEDRAFORCA_ENTRE_NIEBLAS

O Wiki Loves Earth em Espanha e Portugal foi co-organizado pela Wikimedia Espanha e Wikimedia Portugal, associações independentes que apoiam voluntários do movimento Wikimedia nos respetivos países. O concurso realiza-se pela segunda vez em Portugal, após uma primeira edição em 2015. Em Espanha, é a 5ª edição.

A avaliação das fotos foi realizada por um júri composto por Béria Lima, Santiago Navarro, Cori Fernández Vásquez, Diogo Espregueira Themudo e Marta R. Herrero.

Foram carregadas 2945 fotos de áreas protegidas em Espanha, e 1023 em Portugal, por 230 e 141 participantes, respetivamente. A grande maioria dos participantes carregou no âmbito do concurso a sua primeira foto no Wikimedia Commons, o repositório aberto de multimédia da Wikimedia. Todas as fotos poderão agora ser reutilizadas por qualquer pessoa, de acordo com os termos da licenças livres usadas, e em especial em todos os sites da Wikimedia, incluindo na Wikipédia, a enciclopédia livre.

Sobre a Associação Wikimédia Portugal

A Associação Wikimedia Portugal (WMP) é uma Associação de Direito Privado, sem fins lucrativos, registada na Conservatória de Braga a 21 de Setembro de 2009. A Wikimedia Portugal foi aprovada pela Wikimedia Foundation a 4 de Julho de 2009 como “chapter” em Portugal, como entidade independente e autónoma. Tem como finalidade a promoção e apoio aos projetos da Fundação Wikimedia no território Português, assim como a promoção e recolha de conteúdos educativos livres, e a sua disseminação.

Contactos de imprensa:
info[at]wikimedia.pt

Tlf: 916463890

figure_1.png

 

Na elaboração da listagem dos artigos mais editados em 2016 surgiu a curiosidade de saber até que ponto haveriam artigos relacionados a Portugal na lista dos mais editados, então fui desenvolvendo um sistema que permitisse de forma simples uma filtragem dos artigos mais editados por país. A solução adoptada foi criar uma listagem de todas as subcategorias de Categoria:Portugal, até um nível de profundidade 6, e comparar com as presentes nos artigos. Existem ainda pormenores a aprimorar, contudo os resultados são já convincentes.

 

E se já é sabido que Eleições autárquicas portuguesas de 2017 foi, de acordo com a lista de artigos mais editados em 2017, o artigo mais editado de 2017, a lista dos 25 artigos mais editados relacionados com Portugal é a seguinte:

  1.  Eleições autárquicas portuguesas de 2017 (2063 edições)
  2.  Festival Eurovisão da Canção 2018 (847 edições)
  3.  Santuário de Fátima (676 edições)
  4.  Soy Luna (675 edições)
  5.  Ouro Verde (telenovela) (507 edições)
  6.  Jogo Duplo (telenovela) (500 edições)
  7.  A Herdeira (telenovela) (456 edições)
  8.  XXI Governo Constitucional de Portugal (450 edições)
  9.  Raven's Home (401 edições)
  10.  Pabllo Vittar (390 edições)
  11.  Seleção Portuguesa de Futebol (357 edições)
  12.  Amor Maior (352 edições)
  13.  Primeira Liga de 2017–18 (338 edições)
  14.  Discografia de Anitta (338 edições)
  15.  Cristiano Ronaldo (331 edições)
  16.  Primeira Liga de 2016–17 (328 edições)
  17.  Club de Regatas Vasco da Gama (324 edições)
  18.  A Impostora (320 edições)
  19.  Copa das Confederações FIFA de 2017 (313 edições)
  20.  Sporting Clube de Portugal (303 edições)
  21.  The Voice Portugal (5.ª edição) (299 edições)
  22.  Grey's Anatomy (288 edições)
  23.  Agarra a Música (288 edições)
  24.  Maia (275 edições)
  25.  Lista de prêmios e indicações recebidos por Anitta (271 edições)

 

 

No caso do brasil, adaptando o script, a listagem é a seguinte:

  1.  2017 na televisão brasileira (1503 edições)
  2.  Big Brother Brasil 17 (1367 edições)
  3.  A Fazenda: Nova Chance (1234 edições)
  4.  Campeonato Brasileiro de Futebol de 2017 - Série A (960 edições)
  5.  Campeonato Brasileiro de Futebol de 2017 - Série B (768 edições)
  6.  Operação Lava Jato (189 edições)
  7.  A Força do Querer (749 edições)
  8.  Miss Brasil 2017 (730 edições)
  9.  Campeonato Brasileiro de Futebol de 2017 - Série D (641 edições)
  10.  Temporada do Sport Club Corinthians Paulista de 2017 (633 edições)
  11.  Temporada do Clube de Regatas do Flamengo de 2017 (612 edições)
  12.  Copa do Brasil de Futebol de 2017 (581 edições)
  13.  Figueirense Futebol Clube (556 edições)
  14.  Copa do Nordeste de Futebol de 2017 (556 edições)
  15.  Os Dias Eram Assim (531 edições)
  16.  Olavo de Carvalho (230 edições)
  17.  Exathlon Brasil (511 edições)
  18.  Nenê (futebolista) (510 edições)
  19.  Ouro Verde (telenovela) (507 edições)
  20.  Resultados do primeiro turno do Campeonato Brasileiro de Futebol de 2017 - Série A (502 edições)
  21.  Associação Chapecoense de Futebol (486 edições)
  22.  Barreiras (482 edições)
  23.  Pega Pega (478 edições)
  24.  Campeonato Brasileiro de Futebol de 2017 - Série C (469 edições)
  25.  Governo Michel Temer (159 edições)

Política, televisão e futebol são os temas mais editados em 2017.

E há um editor a tentar elevar Dostoiévski a destacado!

 

wp.png

 

Todos os dias, milhares de editores voluntários dedicam parte do seu tempo a editar a wikipédia, ajudando a manter e expandir o maior projecto cultural do mundo. É a soma de todas essas pequenas contribuições que fazem crescer o projecto, e permite igualmente verificar quais foram os artigos e os tópicos que receberam mais atenção, pelo menos em termos de número de edições. E se 2017 começou com cerca de 950 000 artigos no domínio principal, chega ao fim do ano com mais de 985 000, um acréscimo de cerca de 35 000 artigos.

 

 

   Este ano, o artigo sobre as  Eleições autárquicas portuguesas de 2017 foi o mais editado, 2063 edições no total, sendo o único artigo do Top 5 não relacionado com programas televisivos. No grupo dos 10 artigos mais editados, temos as autárquicas portuguesas, o Campeonato Brasileiro de Futebol de 2017 - Série A e Fiódor Dostoiévski intrometidos numa listagem de 7 artigos sobre programas televisivos.

 

 

    No caso de Fiódor Dostoiévski, julgo que o artigo se encontra em desenvolvimento para ser declarado conteúdo destacado, vamos ver o que 2018 lhe reserva.

 

   Com dados de 1 de Janeiro até 27 de Dezembro, os 20 artigos mais editados na wikipédia Lusófona foram os seguintes:

 

  1.  Eleições autárquicas portuguesas de 2017 (2063 edições)
  2.  2017 na televisão brasileira (1503 edições)
  3.  Big Brother Brasil 17 (1367 edições)
  4.  Miss Universo 2017 (1289 edições)
  5.  A Fazenda: Nova Chance (1234 edições)
  6.  Campeonato Brasileiro de Futebol de 2017 - Série A (960 edições)
  7.  The Leftovers (932 edições)
  8.  Lista de episódios de Steven Universe (927 edições)
  9.  Fiódor Dostoiévski (881 edições)
  10.  Festival Eurovisão da Canção 2018 (847 edições)
  11.  Recordes da Copa do Mundo FIFA (789 edições)
  12.  Campeonato Paulista de Futebol de 2017 - Série A1 (773 edições)
  13.  Campeonato Brasileiro de Futebol de 2017 - Série B (768 edições)
  14.  Operação Lava Jato (751 edições)
  15.  Lista de episódios de Miraculous (750 edições)
  16.  A Força do Querer (749 edições)
  17.  Miss Brasil 2017 (730 edições)
  18.  Santuário de Fátima (676 edições)
  19.  Soy Luna (675 edições)
  20.  Loona (banda) (670 edições)

Os dados relativos a 2016 podem ser vistos em Televisão, política e Futebol ocupam lugares cimeiros nos artigos mais editados da Wikipédia Lusófona

Processo de impeachment de Dilma Rousseff

 O artigo Processo de impeachment de Dilma Rousseff foi o terceiro mais editado no ano de 2016, apenas suplantado por programas de televisão.

Diáriamente, os editores da Wikipédia fazem milhares de edições para manter e expandir os conteúdos da wikipédia, e 2016 não fugiu à regra. Este exército de voluntários criou cerca de 50 000 novos artigos no último ano, terminando o ano com cerca de 950 000 artigos no domínio principal. Aqui apresentamos a lista dos 50 artigos mais editados em 2016 na Wikipédia Lusófona, com artigos relacionados com televisão, desporto e política a destacarem-se.

 

impeachment de Dilma Rousseff intrometeu-se num top 10 dividido entre tv e futebol, com 5 artigos relativos ao desporto rei a dividirem essa classificativa com 4 sobre tv. 

 

  1. Lista de episódios de Steven Universe 2431 edições
  2. 2016 na televisão 1385 edições
  3. Processo de impeachment de Dilma Rousseff 1226 edições
  4. Campeonato Brasileiro de Futebol de 2016 - Série A 1163 edições
  5. Campeonato Europeu de Futebol de 2016 1106 edições
  6. Temporada do São Paulo Futebol Clube de 2016 1018 edições
  7. Êta Mundo Bom! 1010 edições
  8. Big Brother Brasil 16 968 edições
  9. Os Under-Undergrounds 966 edições
  10. Campeonato Brasileiro de Futebol de 2016 - Série D 952 edições
  11. Operação Lava Jato 944 edições
  12. Bangtan Boys 907 edições
  13. Lista de episódios de One Piece 906 edições
  14. Temporada do Club de Regatas Vasco da Gama de 2016 893 edições
  15. Copa do Brasil de Futebol de 2016 882 edições
  16. Lista de filmes de maior bilheteria 880 edições
  17. Paysandu Sport Club 859 edições
  18. Temporada de Fórmula 1 de 2016 858 edições
  19. A Quinta: O Desafio 783 edições
  20. Yo soy Franky 765 edições
  21. Haja Coração 761 edições
  22. Secret Story - Casa dos Segredos (6.ª edição) 761 edições
  23. Sandy 760 edições
  24. Copa União 749 edições
  25. Campeonato Paulista de Futebol de 2016 - Série A1 738 edições
  26. Campeonato Brasileiro de Futebol de 2016 - Série B 732 edições
  27. Velho Chico (telenovela) 729 edições
  28. Totalmente Demais (telenovela) 727 edições
  29. Santa Cruz Futebol Clube 724 edições
  30. Lista de líderes em home runs da Major League Baseball 715 edições
  31. Steven Universe 703 edições
  32. Campeonato Brasileiro de Futebol de 1987 692 edições
  33. Seleção Portuguesa de Futebol 691 edições
  34. Túlio Maravilha 688 edições
  35. Copa Libertadores da América de 2016 658 edições
  36. BLACKPINK (banda) 646 edições
  37. Brasil nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016 646 edições
  38. Lista de jogadores de voleibol do Brasil 643 edições
  39. TWICE 637 edições
  40. Real Madrid Club de Fútbol 619 edições
  41. Seleção Brasileira de Futebol 616 edições
  42. Miss Universo 2016 613 edições
  43. Clássico das Multidões (Recife) 612 edições
  44. 2016 598 edições
  45. Spider-Man: Homecoming 596 edições
  46. Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2016 596 edições
  47. Campeonato Brasileiro de Futebol de 2016 - Série C 593 edições
  48. Eleição municipal de São Paulo em 2016 584 edições
  49. Copa Libertadores da América de 2017 583 edições
  50. The Voice Portugal (4.ª edição) 577 edições

 

n.d.r. Este artigo era suposto ter sido publicado no inicio do ano de 2017, tendo ficado como rascunho, provavelmente aguardando a adição de mais informações. Uma vez que não faz muito sentido perder mais tempo, desde já é publicado sem revisão completa.

Presidenciais 2016 em Portugal na Wikipédia

22:58, Tuesday, 26 2016 January UTC

    Este último fim de semana decorreram as eleições Presidenciais em Portugal, e conforme a tradição, o que foi escrito ao longo do período de pré-campanha nas páginas da wiki tiveram relevo. Dai surgiu a curiosidade de tentar perceber o efeito eleições <-> wikipédia, e neste primeiro tópico começo a debruçar-me sobre as visualizações, aproveitando a nova API RESTBase que fornece os dados das visualizações dos artigos, de uma forma mais aperfeiçoada em relação à ferramenta que aparece no histórico das páginas, o http://stats.grok.se/.

 

    Os primeiros dados são interessantes, começando a análise a 10 de Outubro do ano passado temos o gráfico seguinte:

 Visualização das visitas às páginas dos candidatos à Presidência da República durante o período eleitoral e pré-eleitoral.

Por Alchimista (Obra do próprio) [CC BY-SA 4.0 (http://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0 )], undefined. Origem: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:P2016_2m.png

 Nos primeiros dias ainda se apanha um pouco da entorpia causada pelas eleições,com as visualizações a estabilizarem até meio de Dezembro, e a partir dessa altura temos outra vizualização mais pormenorizada na figura seguinte.

 

     Visualização das visitas às páginas dos candidatos à Presidência da República durante o período eleitoral.

Por Alchimista (Obra do próprio) [CC BY-SA 4.0 (http://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0 )],  undefined. Origem: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:P2016_2m.png

    O primeiro grande pico de visualizações ocorreu pelo dia 17, curiosamente no dia em que Marisa Matias formaliza a candidatura há o referido pico, onde Sampaio da Nóvoa tem grande destaque. Na sema seguinte, logo nos dias posteriores ao Natal Marisa Matias e Sampaio da Nóvoa têm mais um pico de visualizações, com Marisa Matias a destacar-se com o dobro das visualizações, que vão acalmando com o aproximar da passagem de ano. Sobressai igualmente que no periodo de campanha eleitoral, a visualização dos candidatos aumentou significativamente, com as visualizações de Sampaio da Nóvoa em grande destaque.

    Curiosamente o artigo sobre Marcelo Rebelo de Sousa, que acabou por vencer as presidenciais, apresentou valores de vizualizações muito discretas comparando com os outros candidatos mais mediáticos, e o artigo de Maria de Belém teve valores de visualizações discretos. Esta disparidade pode dever-se à maior ou menor penetração nas faixas mais jovens, onde a internet tem um papel mais preponderante, mas é algo difícil de comprovar.

    Edgar Silva formalizou a sua candidatura no dia 7 de dezembro de 2015, e a sua página foi criada somente 3 dias depois. Até ao dia 10 de Dezembro de 2015, a página Edgar Silva era um redirecionamento para  Edgar Bruno Silva, "um futebolista brasileiro que actua como atacante, atualmente defende o Al Shabab Al Arabi Club."

 

[Notas técnicas: Jorge Sequeira e Cândido Ferreira, ambos candidatos, não surgem na análise por até à data não terem artigo da wikipédia.

    A análise aqui feita é uma primeira abordagem e baseia-se em dados publicos disponibilizados pela Fundação Wikimédia relativa aos artigos. ]

Tutorial de pywikipediabot - IV

18:12, Friday, 18 2013 January UTC

No wikivoyage.org houve necessidade de mover uma enorme quantidade de páginas que estavam no formato "JAMGuides:" para "Wikivoyage:", não deixando para trás redirecionamentos, algo que se revelou extremamente simples. O pormenor foi a flag temporária de administrador que o bot recebeu, para poder não deixar redirecionamentos, pois isso é basicamente uma eliminação automática dos mesmos. Como o projecto tem ainda poucas páginas, e era uma operação básica, a listagem das páginas foi obtida pela lista de páginas totais no domínio principal, caso contrário teria de ser usada uma outra opção, e, além do mais, a opção mais lógica, que é a busca por páginas começadas por uma determinada string não estava a funcionar correctamente, portanto seguiu-se esta via. O script em sí é básico, e creio, facilmente entendível:

  

#!/usr/bin/env python
# -*- coding: utf-8 -*-

import wikipedia as pywikibot
import pagegenerators


def main():

    # Definir o site, e obter a listagem de todas as páginas do domínio principal.
    site = pywikibot.getSite("pt","wikivoyage")
    gen = pagegenerators.AllpagesPageGenerator(site=site,includeredirects=False)
    for i in gen:

        # Aqui filtramos os títulos que começam por "JAMGuides", separando primeiro

        # o título tendo por base o ":", e, caso tenha o ":", verificar se antes da ocorrência

        # o texto é "JAMGuides".
        if i.title().split(":")[0] == u'JAMGuides':

            # Criação do novo título, a segunda parte é igual, logo compõem-se o novo título fácilmente
            ntitle = u"Wikivoyage:%s" % i.title().split(":")[1]
            print u"old title: ", i.title(), u" |--->  new title: ", ntitle, u" |--> afluentes: "
            try:

                # E por fim move-se a página para o novo título.
                i.move(ntitle, leaveRedirect=False, reason=u"[[Wikivoyage:BOT|BOT]]: A mover páginas para título correcto.")
            except:
                print u"error"
        else:
            pass

if __name__ == "__main__":
    try:
        main()
    finally:
        pywikibot.stopme() 

https://github.com/alchimista/pywikipedia-tutorial

 

 


Tutorial de pywikipediabot - III

13:56, Thursday, 20 2012 September UTC

Neste tópico abordaremos outras funcionalidades interessantes do pywikipediabot, nomeadamente a obtenção no namespace de uma página, quer no formato numérico, quer no nome do namespace. Veremos igualmente como obter o título da página principal, ou seja, por exemplo no caso wikipedia:Ajuda/edição, obter wikipedia:Ajuda, ou então somente Ajuda. Há outras formas de filtrar os artigos, por exemplo, se apenas pretendesse-mos os artigos do domínio wikipéda da categoria !Robótica, o módulo pagegenerators tem opções para isso, mas para já, iremos aumentando a complexidade aos poucos.

 

Informação sobre os namespaces pode ser encontrada em Mediawiki.org:Manual:Namespaces, ou Mediawiki.org:Namespaces. Nos projectos locais é frequente usarem para além dos namespaces padrão, formas personalisadas, e, na wikipédia Lusófona por exemplo, a documentação pode ser encontrada em Wikipédia:Domínio.

 

 

#!/usr/bin/env python
# -*- coding: utf-8 -*-
#
#          
#          (C) 2012 Alchimista <alchimistawp@gmail.com>
#                
#               Distributed under the terms of the GNU GPL license.

import sys, os

import wikipedia
import catlib
import pagegenerators

def main():
        site = wikipedia.Site("pt", "wikipedia")
        cat = catlib.Category(site, u"!Robótica")
        ''' Como explicado anteriormente, temos definido o site e a categoria
                podendo então passar-mos a obter a listagem das páginas,
                onde desta vez usaremos o pagegenerators. Uma opção mais rápida será
                usar igualmente o preloadingGen, bastando para isso
                fazer algo como 
                pages = pagegenerators.PreloadingGenerator(pagegenerators.CategorizedPageGenerator(cat))
                Isto faz com que as páginas sejam carregadas no início, ao contrário
                do script actual, que carrega à medida que forem necessárias. 
        '''
        pages = pagegenerators.CategorizedPageGenerator(cat)
        for page in pages:
                '''Agora que temos a iteração vamos primeiro obter o título
                '''
                print page.title()
                
                ''' Com o page.namespace() obtemos o namespace da página
                        embora no formato canonico, ou seja, número. Para obter
                        o nome do namespace, fazemos o site.namespace().
                        Para fazer tudo junto, basta substituir as duas linhas por
                        namespace = site.namespace(page.namespace())
                '''
                
                pageNamespaceNumber = page.namespace()
                namespace = site.namespace(pageNamespaceNumber)
                if namespace == u"Ajuda":
                        ''' Aqui filtramos as páginas que pertencem ao namespace Ajuda
                                e obteremos o nome do namespace, assim como as predefinições
                                contidas nas páginas. '''
                        print len(page.get())
                        print u"namespace: ", site.namespace(page.namespace())
                        print u"templates: ", page.templates()
                elif namespace == u"Wikipédia":
                        ''' Neste bloco, apenas os artigos do namespace wikipédia são filtrados,
                                e obteremos o namespage e o título do artigo, sem namespace ou subpáginas
                                (resumidamente, o título do artigo principal)
                        '''
                        print u"namespace: ", site.namespace(page.namespace())
                        print u"Página principal (título sem subpágina): ", page.sectionFreeTitle()
                        print u"Página principal sem título nem namespace: ", page.title(withNamespace=False)
                        
                        
if __name__ == "__main__":
        try:
                main()
        finally:
                wikipedia.stopme()      

https://github.com/alchimista/pywikipedia-tutorial 

Tutorial de pywikipediabot - II

14:15, Wednesday, 19 2012 September UTC

 

No primeiro post vimos como de uma forma básica se pode obter o conteúdo de uma página. Infelizmente, na sua utilização tradicional, os bots são utilizados para edições massiças, ou então para obter informação de um grande número de páginas pelo que o script anterior não nos seve, então vamos interagir com categorias. Há um pormenor importante a realçar: caso se trate de obter informação de um grande número de páginas, é extremamente aconselhado usar dumps, que podem ser obtidos em http://dumps.wikimedia.org/,por exemplo. Mais informação pode ser obtida em Meta:Data dumps.

 

No script seguinte, contaremos os artigos de uma categoria. Obteremos o título dos artigos, e contaremos os elementos. Relativamente ao script do primeiro post, o código ficará dentro de uma definição ( def main()) para tirar-mos vantagem do wikipedia.stopme(), que basicamente informa o servidor de que o script fez o seu trabalho, interrompendo a ligação.

 

 

 #!/usr/bin/env python
# -*- coding: utf-8 -*-
#
#          
#          (C) 2012 Alchimista <alchimistawp@gmail.com>
#                
#               Distributed under the terms of the GNU GPL license.

import sys, os

import wikipedia
import catlib
import pagegenerators

def main():
        ''' Esta é a def onde o nosso script vai estar '''
        
        site = wikipedia.Site("pt", "wikipedia") # definimos que o site é a pt.wp
        
        '''De seguida, definimos a categoria Ambiente
         e obtemos a listagem dos títulos dos artigos.
         Na demonstração o código está por extenso para
         mais fácil percepção, na prática, bastaria
         pages = catlib.Category(site, u"Ambiente").articles()
         para se obter a listagem         
        '''
        cat = catlib.Category(site, u"Ambiente") # Aqui definimos a categoria Ambiente. 
        catList = cat.articlesList()


        '''Agora que temos uma listagem,
         e antes de contar os elementos,
         vamos ver os títulos que constam na catList.
         
         Esta abordagem serve bem para ilustrar este exemplo,
         caso fosse para interagir directamente com os artigos,
         como veremos noutro post, há abordagens mais eficientes.
 
         O primeiro print, ou seja, no caso o objecto page,
         é um objecto python, enquanto que o segundo print,
         o do page.title(), já tem o formato de unicode.
        '''
        
        for page in catList:
                print u"página (objecto):", page
                print u"Título da página: ", page.title() # mostra o título do artigo


        ''' Por fim, fazemos a contagem dos artigos     '''
        
        print u"\n Nº de artigos na categoria: ", len(catList)
        
if __name__ == "__main__":
        try:
                main()
        finally:
                wikipedia.stopme()      

https://github.com/alchimista/pywikipedia-tutorial

Tutorial de pywikipediabot - I

14:10, Wednesday, 19 2012 September UTC

Não há muitos developers de bots na pt.wp, na verdade, contam-se pelos dedos das mãos aqueles que criam regularmente scripts próprios. A verdade é que nunca houve um grupo activo dedicado ao pywp, contrariamente por exemplo, ao que acontece com os gadjects, ou scripts em javascript.

 

Com isso em mente, há há agum tempo que planeio criar um tutorial para que os primeiros passos sejam mais fáceis, pois a verdade é que não há propriamente um ponto de partida que contenha informação suficientemente desenvolvida para que possa ser um verdadeiro manual introdutório. Enquanto não arranjo tempo e vontade para escrever um manual explicativo e bem estruturado, espero ir colocando aqui informações avulsas que possam ajudar, e, quem sabe, no final compilar tudo num tutorial final, na wikipédia.

 

Pois bem, o primeiro exemplo de um script pywp terá como finalidade colocar um texto numa página da wikipédia. Estes primeiros passos vão ser explicados com mais detalhe, porque a verdade é que na esmagadora maioria dos meus scripts, o pywp ocupa apenas uma pequena parte, e é sensivelmente sempre a mesma, ou seja, para as tarefas do quotidiano, conhecer meia dúzia de classes e definições é quanto baste para criar scripts úteis no dia a dia wikipédico.

 

No script seguinte, vamos obter o texto de Wikipédia:Página de testes/4  e substitui-lo por "Olá Mundo! Isto é um teste de edição :D". Presume-se que tenham conhecimentos básicos de python, caso haja dificuldade em compreender algo, a secção de comentários está á disposição.

 

 

#!/usr/bin/env python
# -*- coding: utf-8 -*-
#
#       
#       (C) 2012 Alchimista <alchimistawp@gmail.com>
#         
#        Distributed under the terms of the GNU GPL license.

import sys, os

try:
        sys.path.append(os.environ['HOME'] + '/wp/bots/pywikipedia')
except:
        pass

''' 
 Primeiro importamos o módulo wikipedia, o qual nos trará as soluções mais básicas,
 e ao mesmo tempo grande parte das que normalmente são necessárias para interagir com
 o mediawiki. '''

import wikipedia

''' O primeiro passo antes de interagir com a API do mediawiki, é definir
qual o projecto/site com que estamos a lidar, para isso usamos:
'''
site= wikipedia.Site("pt", "wikipedia") # definimos que o site é a pt.wp

''' Agora, vamos estabelecer as definições de uma página, neste caso,
 a página de testes/4: '''

wpage = wikipedia.Page(site, u"wikipédia:Página de testes/4")

''' Agora que definimos a página, vamos obter o texto da página: '''
wpagetext = wpage.get()

print wpagetext # print ao conteúdo da página

''' Tendo o conteúdo, e ignorando-o por completo, vamos então substituir
 por um novo texto.
'''
newtext = u"Olá Mundo! Isto é um teste de edição :D" # definimos o novo texto

wikipedia.showDiff(wpagetext, newtext) # mostra o diferencial da edição sem salvar

Recentemente constactei uma agradável surpresa, a Aleth_Bot encontra-se já listada no top 10 dos bots com mais edições de sempre da Wikipédia Lusófona, e se tiver-mos em conta bots operados por operadores locais, está em 4º Lugar.

 

A lista é liderada pelo Rei-Bot, que apesar de não editar desde Setembro de 2010, conta com 1137298 edições, e é operado pelo Rei Artur. Tanto o bot como o operador sã figuras mais do que históricas, autênticas lendas vivas.

 

No que toca à Aleth, são 356797 edições repartidas por várias tarefas, todas elas efectuadas por scripts desenvolvidos específicamente para a pt.wp, e que rodam de forma totalmente autónoma no Toolserver, aproveitando os recurosos disponibilizados, especialmente os de Job scheduling. Para se ter noção da relativa complexidade de manutenção, para além da manutenção dos scripts, são dois crontabs, um para fazer correr os scripts de curta duração como o envio de mensagens ou arquivamento de páginas de discução, que corre num servidor normal, e outro crontab para controlar os scripts que irão correr por largos períodos, dias e afins.

 

Para estes scripts que necessitam correr por longos periodos, há um server próprio, que irá escolher qual o servidor com recursos disponíveis que irá acolher o script. Além disso, há sempre a necessidade de manter o consumo de recursos em níveis aceitáveis, manter o consumo de memória baixo, ou os mesmos irão parar ou apresentar erros, ou a memória física disponível.

 

 

 

Como juntar a Wikipédia, web semántica, data mining e robôs numa única apresentação? Exacto, estou a falar da apresentação do Eduardo Pinheiro no Encontro Nacional de Estudantes de Informática, na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Link aqui!

Uma enciclopédia mantida por robôs

18:03, Thursday, 27 2011 January UTC

Desconhecidos por muitos, especialmente por quem não conhece os bastidores da enciclopédia livre, os robôs, ou bots funcionam ininterruptamente em tarefas várias, para manter o mínimo de salubridade e operar em inúmeras alterações nas diversas páginas. Um dos mais conhecidos da wikipédia lusófona, até pela função que desempenha, é precisamente o Salebot, o bot local que ajuda a combater os vandalismos. Infelizmente, na wikipédia lusófona as tarefas levadas a cabo por bots são ainda poucas quando comparadas com a en.wp, ou a de.wp, onde a comunidade de programadores e operadores de bot é relativamente maior, e onde novos scripts surgem com frequência. Basta verificar os exemplos que dão na documentação da en.wp, para constactar as diferenças. Mas enfim, aos poucos assistimos a um crescimento, embora não propriamente sustentado do número de robôs na wp.pt, embora limitados essencialmente ao uso do AWB, e para tarefas que muitas vezes poderiam ser efectuadas em conjunto, numa só edição.

A verdade, segundo a Wikipédia

10:19, Saturday, 22 2010 May UTC

Jimmy Wales deu a entrevista, este mês, à Exame Informática, sobre a Wikipédia.

Foi um entrevista sobre Wikipédia no geral, nada falou sobre a Wikipédia Lusófona, nem da Wikipédia Portugal.

click na imagem para ampliar

Academia Wikipédia

19:20, Monday, 05 2010 April UTC

A Academia Wikipedia realiza-se pela primeira vez em Portugal, na Exponor, Porto, a 16 de Abril, sendo uma parceria entre a Associação Wikimedia Portugal e a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

Irá contar com diversos oradores (programa), onde se conta, por exemplo, Kul Takanao Wadhwa, Head of Business Development da Wikimedia Foundation. Docentes universitários, investigadores, editores e empresários compõem o restante painel.

A inscrição é gratuita, obrigatória e online. Mais perguntas? Página de contacto e no mail press@wikimedia.pt

Novo design da Wikipedia será lançado dia 5 de abril

14:29, Saturday, 27 2010 March UTC

O site Wikipedia está próximo de um novo formato. As páginas terão uma diagramação diferente da que tem sido usada atualmente. Quem lidera a modificação é o artista Nako Komura. A nova fórmula entra em ação à partir do dia 5 de abril de 2010.

A nova diagramação, conhecida até o momento como Vector, foi programada para dar mais comodidade aos leitores da enciclopédia virtual. A página parece responder com mais veocidade ao tentar abrir, como se fosse mais leve. As ferramentas de busca ficarão na parte de cima da tela, e não mais ao lado.

Os responsáveis pelo novo design disseram que este novo desenho foi feito pois a aparência do antigo dava a impressão de ser muito antigo e não atraía muito o olhar das pessoas. O que será lançado em abril pode não ser exatamente algo muito moderno, mas tira mesmo a sensação de ter sido feita há mais de dez anos.


fonte: Pop News

Mas a ultima frase do artigo nem merece ser citado…

Wikipédia consegue arrecadar U$7,5 milhões em 2009

21:30, Monday, 04 2010 January UTC

O Wikipédia anunciou nesta semana que atingiu seu objetivo de arrecadar 7,5 milhões de dólares em 2009.

“Obrigado a todos que fizeram doações!” celebrou em um comunicado o co-fundador do site, Jimmy Wales.

O dinheiro será usado para cobrir os custos operacionais da empresa, que inclui manutenção de servidores e pagamentos de salários.

É interessante que desde sua fundação o site nunca teve propagandas, em uma tentativa de impedir que a “enciclopédia livre” fosse tendenciosa.

in jornaltecnologia

Um projecto vivo que dá vida

01:20, Friday, 11 2009 December UTC

Desesperado ao perceber que sua esposa acabava de entrar em trabalho de parto em casa, o britânico Leroy Smith resolveu contar com a ajuda da internet, mais especificamente do Google. O futuro papai digitou então no mecanismo de busca “how to deliver a baby” (ou “como fazer um parto”, em português) para saber por onde começar

(…)

Depois de seguir o guia detalhado que encontrou na Wikipédia, Emma deu à luz em segurança uma menina, de 2,8 Kg, que ganhou o nome de Mahalia Merita Angela Smith.

fonte

"A" votação ou "A" hora

08:57, Tuesday, 11 2009 August UTC

Há muito tempo em conversa informal que uma votação do fair use deveriam ser verificadas todas as contas votantes... para se averiguarem quais os fantoches que por ali andariam.

De acordo com a heurística do rei-artur à partida muitos fantoches estão identificados, mas, daquilo que vi em termos de distúrbio mental enquanto fui verificador,  acredito que muitos se deram ao trabalho de conquistar o direito ao voto com proxys diferentes. E à partida palpitaria para resultados semelhantes aos do rei-artur, ambos os lados têm gente apanhada mas o pró dominaria. Sim, é discriminação e não sei que mais...

 

Citei, há muitos posts, e por outras palavras, que pela wiki.pt como na vida, "se queres ser bom, morre ou ausenta-te", há sempre os bons, os maus e os que se foram embora e são deificados.

Só há meses passei a ter net em casa, editei sempre do trabalho. Editei com o braço partido, editei do estrangeiro, editei quando estava de férias, editei quando estava a trabalhar durante o suposto período de férias, e com directas em cima, editei quando tinha dois trabalhos, e muitas outras gabarolices...

 

Foi giro. Não gosto muito do que leio, não suporto muito do que se passa, e como não tenho força nem um milionésimo do entusiasmo inicial, só mesmo o vício que me faz ler as polémicas e não os artigos, prefiro, como tantos outros, ir. A wiki.pt é grande, vai continuar a crescer, e eu, espero definhar de pequenino...

Duas perguntas...

09:00, Friday, 17 2009 July UTC

Quem apoia a ideia de que o Quintinense (leia-se Dbc2004, Joao666, Missigno, Quintinense) é/foi o maior caso de SP da wiki.pt? Só se forem os mesmos que acham que o Bizuim é/foi o maior troll da wiki.pt.

 

Quem acha que o Ozalid deve voltar e bloquear por infinito o Madeirense? Todos os que se riram da primeira pergunta.

 

E uma terceira, de retórica, quem será o Madeirense? Os mesmos de antes sabem perfeitamente a resposta a esta pergunta, os "jovens" nem sonham o que está por trás.

 

A wiki.pt é dos poucos locais onde o ambiente ficou menos poluído nos últimos anos. Espero que não tenha sido por ter saído :S

 

 

Endereço novo

22:14, Thursday, 16 2009 July UTC
A ideia era antiga, mas eu não tinha tempo para colocá-la em prática. O Blogger desde sempre não me agradou muito como serviço. É incompleto e muito abandonado por uma empresa que tem produtos demais. Daí havia o WordPress com muitos mais e melhores recursos e em código aberto (o que não significa muito para mim além do apoio moral).

A partir de agora, portanto, só estarei contribuindo com uma empresa que planeja conquistar o mundo usando o YouTube, o Books, o Maps, o Reader (por sinal, a melhor invenção deles), o buscador (claro!) e nada mais. Juro.

O endereço antigo vai continuar no ar (porque há vários resultados no Google para quem procura sobre o Wikilivros ou livros didáticos :D e porque eu tenho medo que o roubem. Nah! Mentira).

Só acho estranho, muito estranho (ninguém mais acha?), que o WordPress use o serviço de propaganda do Google, seu maior concorrente, para se manter. Alguém já viu disso por aí? Empresa que faz propaganda do concorrente?

Para os que não querem saber de nada disso de endereços novos, em seguida, voltaremos com a programação normal. O endereço novo agora é: http://cultivandoojardim.wordpress.com Obrigado pela paciência de ler até aqui.

A sustentabilidade da Wiki.Br

21:50, Wednesday, 17 2009 June UTC

Fiquei deslumbrado com esta análise que vem perfeitamente no âmbito de alguns posts recentes da WikiEsfera, respondendo cabalmente aos posts: Wikidúvidas da Língua Portugueza; Pq o nível cultural da Wikipédia de língua Portuguesa é muitíssimo inferior ao de língua inglesa?; e a anterior versão do Culturas.

 

Sustentabilidade ou seja, é um ato de sustentar com habilidade por exemplo, aquele miserável do seu filho que não quer trabalhar e fica no sofá de sua própria humilde residência assistindo televisão e comendo seus devidos alimentos.Esse vagabundo é sustentado por sua coitada mãe que acaba fazendo um papel de radical por sustentar esse filho vagabundo com habilidade.

 

Vou ligar à minha mãe a pedir desculpa...